3 de ago de 2013

E não sobrou nenhum

Sinopse:

 Anteriormente publicado como "O caso dos dez negrinhos". "E não sobrou nenhum" é o maior clássico moderno das histórias de mistério. Dez pessoas diferentes recebem um mesmo convite para passar um fim de semana na remota Ilha do Soldado. Na primeira noite, após o jantar, elas ouvem uma voz acusando cada uma de um crime oculto cometido no passado. Mortes inexplicáveis e inescapáveis então se sucedem. E a cada convidado eliminado, também desaparece um dos soldadinhos que enfeitam a mesa de jantar. Quem poderia saber dos dez crimes distintos? Quem se arvoraria em seu juiz e carrasco? Como escapar da próxima execução? 

Minha opinião:

   Quem já leu algum livro da Agatha Christie sabe como é soltar aquele suspiro depois daquele final surpreendente. Logo no começo do livro, o poema dos Dez Soldadinhos é revelado e cada pedaço do poema é relacionado as mortes que irão ocorrer, logo você fica louco(a) para saber a sequência e quem irá morrer. O livro te prende do começo até o fim. Ela se superou nesse livro, tornando-se um dos meus favoritos. Muitos conhecem esse livro pelo nome "O caso dos dez negrinhos" porém foi mudado para evitar acusações de racismo. Reinaldo Azevedo fala sobre a mudança e cita  :

 "Daqui a pouco, vai haver gente querendo reescrever Monteiro Lobato. A boneca Emília ou vai presa sob a acusação de racismo ou termina num campo de reeducação racial para aprender a respeitar Tia Anastácia."




2 comentários:

  1. Amo Agatha Christie, tenho uns 10 livros delas aqui em casa, mas justamente o maior sucesso comercial dela eu nunca li. E eu tenho uma vontade louca de ler esse livro, estou até pensando em lê-lo em e-book, rsrsrs. Eu simplesmente odiei a mudança de nome, e quase morri de raiva quando descobri que já haviam pensado em tirar Monteiro Lobato das biblioteca públicas... É cada uma que esse povo inventa, prender bandido eles não prendem não, governinho incompetente.... Ai ai ai, rsrs.

    Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nunca li nada da Agatha Christie e faz algum tempo que desejo ler algum. Mas falando sério, o que passa na cabeça de alguém mudar o título? Me irrito com essa de que alguns livros devem ser banidos e bláblá. Me parece muito século passado, e já estamos no século 21 pelo amor!!
    Adorei aqui, e já estou seguindo!
    Beijos
    utopiaincessante.blogspot.com

    ResponderExcluir