8 de jul de 2013

Sua voz dentro de mim



Aos 22 anos, a jornalista, escritora e roteirista Emma Forrest parecia levar uma vida maravilhosa: havia deixado a casa dos pais em Londres, cidade onde foi criada, para morar em Nova York, tinha um contrato com o jornal The Guardian e estava prestes a publicar seu primeiro livro. Mas, por trás da aparência bem-sucedida, havia uma jovem com sérios problemas psiquiátricos, que se cortava com gilete, sofria de bulimia e era extremamente auto destrutiva. Em Sua voz dentro de mim, Emma apresenta suas memórias, sem medo de expor o lado mais escuro que guarda dentro de si. Apesar de toda a dor e do mergulho profundo na depressão e na autodestruição que permeiam o livro, Emma Forrest consegue explorar a beleza do amor e falar de superação ao longo das páginas. De quebra, ela ainda faz refletir sobre a relação que temos com nós mesmos.Em 2013, Sua voz dentro de mim deve chegar às telas do cinema, com a atriz Emma Watson no papel de Emma e o ator Stanley Tucci como o Dr. R.



 Após finalizar esse maravilhoso livro, venho-lhes escrever com lágrimas no rosto. Não existe uma palavra que se encaixa nesse maravilhoso contexto. Uma das primeiras biografias que eu me interessei..
 Emma é uma pessoa inteligente, hilária, depressiva e auto destrutiva. Apesar do seu grande sucesso na vida, ela não está nada bem. Se cortava quando algo de ruim acontecia, pensava todos os dias em suicídio e tinha bulimia. Ela é uma verdadeira vencedora, apesar de sua loucura.
 Mc e Dr. R eram os grandes homens da vida dela, ao longo da vida dela ela conheceu diversos caras, alguns deles abusaram dela. Dr. R o psiquiatra que ela visitava, ele foi o homem que soube dos altos e baixos da autora, cicatrizes, seu íntimo e a sua atração por homens que a fazem sofrer. Mc foi o primeiro homem que marcou realmente seu coração. Emma com sua fama de se envolver com caras errados, porém MC não era assim. 
 Achei que o final faltou alguma informação, alguma frase ou até algum sentimento, porém o final foi muito bonito. Pelas minhas conclusões, ela fez esse livro para dar um fim ao sofrimento dela.
 Livro muito bonito, fiquei 2 dias refletindo sobre ele. Me peguei pensando como sofrimento muda as pessoas. E vocês o que acham do sofrimento, ele realmente vale a pena na vida de uma pessoa ?

 "Que se foda! Não quero outro homem nunca mais na minha cama. Oque eu quero mesmo é um gato".

  "Tem gente que não tem alternativa. Você se apaixonou pela loucura. Isso requer autoconsciência. E requer coragem
  

6 comentários:

  1. Uau! Um livro um tanto r elador - ok, eu sei que é uma biografia -, me interessei. Fiquei intrigada e curiosa em relação a conclusão, se assim posso chamar, dos sofrimentos de Emma.
    Xxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca gostei de biografias, mas essa me chamou atenção! Sim o sofrimento de Emma é realmente curioso!

      Excluir
  2. parece um livro muito interessante, também nunca me interessei por biografias mas essa parece legal ou triste, mais me interessei shuahs beijocas.

    http://bombons-de-chocolate.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bela resenha! Também pertenço a turma dos que não apreciam biografias, mas confessos que têm algumas são tão perfeitas que não acabamos não resistindo ao seu poder. Fiquei curioso em saber mais sobre a Emma Forrest, e este livro com certeza vai pra minha lista!
    Gostei muito do seu blog, jé estou seguindo.
    O meu ainda está no início, se quiser passar lá e dar uma olhadinha depois...
    Abraços!
    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rs Muito bom o livro!! Já dei uma passadinha no seu blog
      Beijos Bia

      Excluir
  4. Olá!! Tudo bem?? Estou passando aqui para avisar que indiquei você para um selo lá no Afins e Livros!
    http://afinselivros.blogspot.com.br/2013/07/selo-1-10-books.html
    Espero que goste!
    Abraços e Boas leituras

    ResponderExcluir